Category

Carreira

Que lição a vida te oferece agora?

By | Bem Estar, Carreira, Coaching, Coaching de Vida, Liderança, Life Coaching, Maturidade, quote, Saúde, Wellness | No Comments

“No livro da vida, as respostas não estão atrás da capa.” Charlie Brown

Eu desafio você a considerar as lições que sua vida lhe oferece agora. Eu digo oferta porque a vida oferece lições, mas cabe a nós aprender com elas. Se não aprendermos, as mesmas lições serão oferecidas novamente. Através de frustrações e momentos excitantes, há algo para você aprender que o preparará para maiores oportunidades em seu horizonte. Hoje, quero que você seja intencional em procurar essas lições e encontrar maneiras de aplicá-las aos desafios diários que enfrenta.

Aqui estão cinco das maiores lições que aprendi em minha jornada até agora. Talvez você tenha aprendido ou encontrado essas também ao longo de sua jornada. Se assim for, considere estes um lembrete hoje:

1. Nada é permanente.

Eu aprendi esta lição pela primeira vez aos dez anos, quando meus pais se separaram. Eu morava em um apartamento enorme, que amava. Mudamos para um pequeno e quase nada do nosso apartamento foi conosco. Mudei-me mais oito vezes quando fiz vinte e um – para cidades do São Paulo, Londres, Nova Yorque, Califórnia, de volta à São Paulo várias vezes. Crescendo em uma família da Européia, aprendi rapidamente a me adaptar a novas circunstâncias, novas pessoas e às vezes até um novo país. Nada na vida é permanente – um fato que deve encorajá-lo a se deleitar com a alegria que sua vida está trazendo agora e minimizar sua frustração quando você se deparar com circunstâncias que você não gosta. Há algo em sua vida agora que não é permanente. Se é algo que você ama, de que maneiras você poderia se abraçar e se divertir mais? Se é algo que você não acha que pode aguentar, aguente um pouco mais. Isto deve passar também.

2. Você está vivendo de propósito ou vivendo por acidente.

Muitas pessoas vagam pela vida a esmo, entrando em conhecidos, empregos e situações da vida apenas porque cruzaram seu caminho. Essas pessoas são obrigadas a acordar um dia perguntando: “Como eu cheguei aqui?” Eu chamo isso de viver por acidente. Para criar uma vida gratificante, você precisa ser determinado em suas decisões. Não tome uma decisão sem refletir sobre o impacto a longo prazo que terá sobre você e as pessoas que você ama. Prosseguir as coisas que lhe permitem expressar seus valores e talentos. Escolha estar perto de pessoas que você se sente bem – pessoas inspiradoras e solidárias que estão se movendo na mesma direção que você. Conheça o seu propósito e viva nele todos os dias em seu trabalho, relacionamentos, saúde, finanças e vida espiritual. Esforce-se para não acabar em nenhum lugar por acidente – apenas porque é conveniente.

3. Medo não significa necessariamente parar.

O medo é tão poderoso quanto você permite que seja. A maioria de nós sente medo e interpreta esse sentimento como um aviso para parar de seguir em frente. Na verdade, devemos interpretar o medo como uma emoção natural que surge toda vez que nos aventuramos a fazer algo fora de nossa zona de conforto. Quando você sentir medo, continue se movendo. Isso vai te estender além da sua zona de conforto e aproximar você dos seus objetivos. Do que você tem medo agora que está impedindo você de viver o seu melhor na vida? Você vai tomar a decisão de seguir em frente apesar do seu medo?

4. Menos é mais.

Mais do que nunca, nossa cultura está determinada em provar seu valor através de seu dinheiro e posses materiais. Programas de televisão inteiros são dedicados a mostrar a você todas as “coisas” que outras pessoas têm. Depois de um tempo, pode ser um grande desafio não comparar suas coisas com as de todo mundo! Mas a verdadeira auto-capacitação vem do conhecimento de que nada material jamais provará seu valor. Seu valor vem da sua identidade como filho de Deus e do impacto que você faz na vida dos outros. Não se preocupe em impressionar os outros. Em vez disso, concentre-se em impressionar a Deus vivendo o propósito para o qual Ele criou você – servindo e abençoando os outros da maneira que só você pode.

Você é um líder ressonante ou discordante?

By | Carreira, Coaching, Coaching de Vida, Liderança, Life Coaching | No Comments

Somos os criadores e protagonistas das nossas histórias assim como da nossa realidade.

A gestão do conhecimento, as mudanças aceleradas e constantes nos trazem uma nova realidade, exigem de nós líderes mais criatividade, flexibilidade, inteligência emocional, ações e mais autoconhecimento.

Um líder é responsável pelo clima organizacional de uma empresa, hoje sabemos que 1% de aumento no clima emocional do ambiente de trabalho gera 2% de aumento nos resultados alcançados.Este é um dado que não pode ser ignorado num mercado competitivo hoje em dia, onde a preocupação com a qualidade de vida é uma constante.Um clima emocional saudável só é mantido na equipe por um líder ressonante. Mas que características possui esse líder?

O líder ressonante é aquele que se conhece profundamente, conhece o outro e gosta do trato com pessoas.Desperta sentimentos e emoções positivas na equipe, incentivando-a refletir.Não julga, nem interpreta pessoas, mas sim age e experimenta, sabe ser empático.Seu otimismo cultiva o bem estar, agrega valores de convivência, respeito e ética. Adaptar-se às mudanças com determinação e ser persistente, com convicção e auto-motivação, semeia e cultiva a equipe.Ser inteligente emocionalmente, valoriza a aprendizagem e a mudança, isso fomenta o trabalho em equipe.

Se você não se enquadra ainda em todos estes itens, não esmoreça e continue no caminho, pois hoje não se permitem mais os líderes baseados na discordância, cujas principais características são:discordância e desarmonia, muito menos incoerência.

O ressentimento e ira, assim como a busca de culpados, é simplesmente um comportamento típico de um chefe, não de um líder.

A gestão através do medo e pouco voltada para as relações é uma gestão eminentemente irracional, típica de quem não tem auto liderança.As empresas precisam de líderes e não chefes.

Quer refletir em qual estágio de liderança você está?

Você já fez algum teste para saber como andam suas habilidades como líder?

Talvez optar por seguir o caminho da liderança ressonante, ser mais inteligente emocionalmente, é um ato inteligente e compatível com a gestão de mais usada nas maiores empresas do mundo.

Andrea Bilinski